Corinne Noordenbos vem ao Brasil - e você provavelmente vai mudar a forma de pensar sua fotografia

Corinne Noordenbos vem ao Brasil - e você provavelmente vai mudar a forma de pensar sua fotografia

A educacora holandesa Corinne Noordenbos esteve aqui na Primelight ano passado. Na ocasião, conseguimos um workshop fechado, apenas para os professores e alguns fotógrafos do coletivo Selva SP. Uma semana de encontros profundos, e nenhuma cabeça saiu daquela sala (ou salas, pois a escola inteira foi usada como mural para que cada fotógrafo fosse montando sua série) do jeito que entrou.


workshop com os professores rolando na Prime, ano passado

Corinne começou a fotografar nos protestos de maio de 1968 em Paris e foi mestre de grandes nomes da fotografia holandesa como Rineke Dijkstra, Viviane Sassen e Rob Hornstra. Chefiou o departamento de fotografia da Royal Academy of Art (KABK)  da holanda por 10 anos, período em que foi inclusive elogiada por Martin Parr, presidente da Magnum Photos, pelo seu incrível trabalho na produção de fotolivros (veja aqui o que titio Parr disse: http://aperture.org/blog/martin-parr-corinne-noordenbos/) Em 2014, recebeu o Education Award da Royal Photographic Society. 

Credenciais à parte, a holandesa é uma pessoa fantástica: ao mesmo tempo em que nos traz, diversos métodos, diferentes estratégias visuais e provocações criativas, com a certeza e a didática de quem é uma educadora reconhecida mundialmente, é também a mesma que pode sentar contigo depois da aula e ficar horas filosofando sobre fotografia, talvez até bebericando uma cerveja, ainda que tarde da noite.

Série "Maturare", sobre bebês prematurosComo fotógrafa, seu trabalhos são marcantes, principalmente no campo da fotografia documental autoral. Ao longo da vida escolheu histórias fortes e clicou-as, transformando-as em séries e livros. Durante essa semana, compartilhou conosco o processo de concepção e criação de cada uma delas.

Porém, mais do que isso, o ponto alto de estar em um workshop com Corinne é a transformação criativa que ela causa em você. Todos os participantes trazem pelo menos uma série fotográfica em andamento e ao longo de uma semana vão, um a um, discutindo, enriquecendo e  experimentando sob a orientação dela. Aquilo que você via nas suas imagens na primeira aula, na última já se transformou em outra coisa. É impressionante como novos caminhos vão se abrindo, novas idéias vão crescendo e novas metodologias passam a fazer parte do seu repertório.

Agora, dia 17/10, a Prime conseguiu trazer Corinne para dar este mesmo workshop, de uma semana intensa, só que para os alunos. Por conta da imersão no trabalho de cada participante, serão apenas 8 vagas disponíveis - e cujas experiências individuais certamente se somarão ao colega do lado.

Palavra de quem participou: se você quer chacoalhar suas idéias e entender o que suas fotografias podem dizer, vale a pena.

E muito.

Texto: Cauê Diniz

(Valores, infos e inscrições: http://www.primelightfotografia.com.br/cursos/narrativa-do-olhar )

Fique por dentro

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de todas as novidades e promoções da Primelight!